Área de Associados


X    fechar
Webmail


X    fechar
Webmail


X    fechar
Extensões de Base
X    fechar


Boletim Eletrônico

24 de Maio de 2022

Conheça os projetos dos vencedores do Agrohackathon para soluções na gestão de riscos da pecuária


Aconteceu nas últimas semanas, entre os dias 8 e 13 de abril, a maratona tecnológica desenvolvida ao redor de problemas do Agro voltada aos estudantes paranaenses - a Agrohackathon. A edição de 2022 teve como foco a proposição de soluções na gestão de riscos e reuniu cerca de 160 estudantes e profissionais de diversas áreas de todo o Paraná. Os vencedores da maratona foram anunciados na última quarta-feira (13) através de uma transmissão online.

 

O time que levou o primeiro lugar foi o Easy Fish, que propôs a implementação de um elevador móvel para a despesca parcial em tanques escavados, reduzindo a mortalidade de peixes por meio da despesca de arrastão, além de economizar água com esse processo e reduzir os níveis de estresse no cardume. A proposta ajuda a solucionar o problema de sufocamento por lama de parte dos peixes e descarta a necessidade do trabalho manual. Os integrantes da Easy Fish ganharam um notebook cada como prêmio.

 

Na segunda posição ficou a equipe Agro Brain, que sugeriu a criação de uma plataforma digital capaz de atender os produtores e as corretoras, disponibilizando ferramentas que facilitem a comparação dos benefícios entre as diferentes propostas das seguradoras para os produtores rurais. Da mesma forma, a plataforma auxiliaria as corretoras por disponibilizar um banco de dados dos interessados em seguros, agilizando a comercialização de apólices ao focar no público alvo específico que já procura esse serviço. Desse modo, a plataforma interliga um banco de dados com informações sobre produção, produtividade, clima e outros dados. Os integrantes da equipe que sugeriu essa ideia receberam tablets como prêmio.

 

Já em terceiro lugar, ficou o grupo Iagro, com o projeto voltado à peritagem das seguradoras. Sua proposta foca na resolução de problemas como a ineficiência estratégica, os custos com peritos, a sazonalidade na demanda e a falta de informação. O grupo também sugeriu a criação de uma plataforma digital que levasse à redução de custos, otimização e orientação da estratégia operacional, além de um sistema de localização de atuação dos peritos. O prêmio da Iagro foram cadeiras gamer.

A iniciativa do Agrohackathon é do Centro de Economia Aplicada, Cooperação e Inovação (CEA) da Universidade Federal do Paraná (UFPR), com realização do Sistema FAEP/SENAR-PR e Agrociência Cooperativa.

 

Fonte: Sistema FAEP

Redação: Nicole de Alencar Broetto



Mais Notícias



Fale Conosco

(44) 3220-1550


Rua Piratininga, 391 - Edifí­cio Lavoura - Fax (44) 3220-1571 - CEP 87013-100

Maringá - Brasil


 
Via Site