Área de Associados


X    fechar
Webmail


X    fechar
Webmail


X    fechar
Extensões de Base
X    fechar


Boletim Eletrônico

20 de Junho de 2022

Com o início oficial do inverno nesta terça-feira (21), confira as melhores culturas para a entressafra


Amanhã, dia 21 de junho, inicia-se oficialmente o inverno no hemisfério sul, que dura até 22 de setembro e se caracteriza pelas baixas temperaturas e clima mais seco. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), este inverno deve ter chuvas abaixo da média na região Sul, algo comum para a época mas que se intensifica com a ação pelo terceiro ano consecutivo do fenômeno La Niña. A atenção deve se voltar para a probabilidade de geadas trazidas pelo frio intenso. Mas será que o inverno só traz malefícios aos agricultores? Confira abaixo um pouco sobre as culturas da estação e as vantagens do clima gelado.

 

Como uma alternativa de plantio e também um meio de proteger o solo, as culturas de inverno que promovem rotação de lavouras podem trazer muitos benefícios, além de agregar rentabilidade aos produtores. Apesar de ser comum a sucessão soja-milho, o seu uso sem a promoção da rotatividade ao longo dos anos pode gerar um aumento de daninhas, pragas e doenças, que acabam criando uma resistência com o uso dos mesmos fitossanitários por um período prolongado. Assim, ao se optar por uma entressafra com plantas de necessidades diferentes, o sistema de produção sofrerá menos, além de levar ao equilíbrio do solo que terá uma recuperação maior dos nutrientes exigidos pelas culturas de verão.


Algumas opções boas para os agricultores paranaenses são o trigo, a aveia e o centeio, que são ótimas alternativas após a soja e ainda possuem bom desenvolvimento com as temperaturas mais baixas. Apesar disso, outras culturas de inverno são as gramíneas, oleaginosas e leguminosas que visam a produção de grãos, fibra ou biomassa. Segundo os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Sul é a principal região nacional produtora de trigo — representando 88,9% das safras.

 

Fontes: Agro em Dia, Aegro e Summit Agro

Redação: Nicole de Alencar Broetto




Mais Notícias



Fale Conosco

(44) 3220-1550


Rua Piratininga, 391 - Edifí­cio Lavoura - Fax (44) 3220-1571 - CEP 87013-100

Maringá - Brasil


 
Via Site