Área de Associados


X    fechar
Webmail


X    fechar
Webmail


X    fechar
Extensões de Base
X    fechar


Boletim Eletrônico

21 de Agosto de 2013

Chuva deve atingir extremo sul do país e parte do Sudeste nos próximos dias

A quarta, dia 21, será mais um dia de sol e calor ao longo do dia em boa parte da região. Por conta da massa de ar seco, os índices de umidade relativa do ar entram em declínio, principalmente no noroeste paulista e no Triângulo Mineiro, deixando diversos municípios em estado de atenção e de alerta. Por outro lado, áreas de instabilidades deixam o tempo encoberto e com chuva  em boa parte do Espírito Santo, metade norte do Rio de Janeiro e no nordeste de Minas Gerais. Em geral, a chuva é fraca e de baixo acumulado.

A quinta, dia 22, será mais um dia de tempo firme e predomínio de sol na maior parte do Sudeste. Pancadas de chuva ocorrem de modo isolado entre o norte do Espírito Santo e o nordeste de Minas Gerais. As temperaturas se elevam e causam sensação de calor no decorrer do dia. 

Entre 24 e 28 de agosto, as temperaturas máximas ficam mais baixas no sul e leste de São Paulo, no Rio de Janeiro e no sul de Minas Gerais devido à passagem de uma frente fria pela costa do Sudeste. No dia 2 de setembro, as temperaturas máximas devem diminuir na costa do Sudeste.

SUL

A quarta será de tempo aberto, com sol entre poucas nuvens e calor sobre o Paraná, Santa Catarina e a metade norte do Rio Grande do Sul. O avanço de uma frente fria pelo extremo sul e pela Campanha Gaúcha provoca chuvas desde a madrugada. Até o final da noite, chove na região central do Estado. Nessas regiões, não se descarta o potencial para temporais isolados, ventos fortes, descargas elétricas e queda de granizo.

Na quinta, a frente fria mantém o tempo instável e com chuva ao longo do dia sobre a Campanha, região central e sul do Rio Grande do Sul. Na metade norte do Estado, além do extremo oeste catarinense, a frente fria avança e provoca chuva. Não se descarta o risco de temporais isolados, com ventos que podem chegar a 90 quilômetros por hora, descargas elétricas e queda de granizo.

Por outro lado, no restante da região, o sol predomina entre nuvens e as temperaturas seguem elevadas. Além disso, uma nova onda de frio já é esperada para a segunda metade da semana que vem.

CENTRO-OESTE

O sol predomina entre poucas nuvens e não há risco de chuva para o Centro-Oeste nesta quarta. O dia começa com temperaturas amenas, mas ventos quentes contribuem para uma a tarde bastante abafada sobre toda a região. A condição de baixos índices de umidade relativa do ar aumenta o risco de queimadas no interior.

Uma massa de ar seco inibe a formação de nuvens de chuva sobre o Brasil Central nesta quinta. A previsão é de mais um dia com tempo firme e predomínio de sol entre poucas nuvens. À tarde, as temperaturas seguem elevadas e causam sensação de calor ao longo do dia. A condição de baixa umidade relativa do ar aumenta o risco de queimadas.

No fim de semana, uma massa de ar polar derruba as temperaturas no sudoeste de Mato Grosso e no oeste e sul de Mato Grosso do Sul. A partir de 28 de agosto, o calor retorna.

NORDESTE

A previsão para quarta é de mais um dia de tempo seco e ensolarado na maior parte do Nordeste. Na faixa entre o litoral da Bahia e o Rio Grande do Norte, pancadas de chuva se alternam com períodos de melhoria. O dia inicia com temperaturas amenas na maior parte da região, mas o frio começa a ganhar força no sul da Bahia. À tarde, as temperaturas se elevam e o calor ganha força.

A quinta começa com temperaturas amenas em boa parte da região. Ao longo da costa, as temperaturas seguem um pouco mais elevadas. O sol deve predominar entre poucas nuvens e o dia será de tempo aberto, calor e baixos índices de umidade relativa do ar. 

A chuva permanece no litoral e não se descarta o risco de transtornos devido aos dias consecutivos de chuva. Há potencial para deslizamentos. A temperatura volta a subir na costa nordestina, mas a partir do dia 25, uma nova frente fria derruba as temperaturas no sul da Bahia. Nos próximos 15 dias, não há previsão de queda das temperaturas nos demais Estados do Nordeste.

NORTE

Na quarta, as pancadas de chuva associadas ao calor e à umidade ficam concentradas a oeste e norte da região. Apesar da previsão de chuva para esses locais, o tempo seco predomina na maior parte do Norte e mantém os índices de umidade relativa do ar abaixo do ideal. As temperaturas máximas entram em elevação.

Na quinta, pancadas seguem concentradas no norte da região. Na metade sul, permanece a condição de tempo seco, com predomínio de sol entre poucas nuvens e baixos índices de umidade relativa do ar. As temperaturas seguem elevadas principalmente no Amazonas, Acre, Rondônia, Pará e Tocantins, aumentando a sensação de abafamento ao longo do dia. Na próxima semana, o calor retorna e segue até o dia 2 de setembro.

Fonte: Rural Br


Mais Notícias



Fale Conosco

(44) 3220-1550


Rua Piratininga, 391 - Edifí­cio Lavoura - Fax (44) 3220-1571 - CEP 87013-100

Maringá - Brasil


 
Via Site