Área de Associados


X    fechar
Webmail


X    fechar
Webmail


X    fechar
Extensões de Base
X    fechar


Boletim Eletrônico

27 de Agosto de 2013

Nova geada ameaça Centro-Sul do Paraná

A onda de frio que atinge a Região Sul desde a noite do último domingo ficará ainda mais intensa nos próximos dias no Paraná. Além das baixas temperaturas, a previsão é de geada no Centro-Sul, área que não foi prejudicada pelo efeito climático de julho. As geadas dos dias 23 e 24 do mês passado geraram prejuízo de 2 milhões de toneladas de café, milho e trigo no Paraná, conforme dados da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (Seab).

“O frio começa a entrar com vontade no Paraná. Deve ocorrer geada no Sul do estado, principalmente em Palmas e General Carneiro, no amanhecer de quarta-feira”, diz Luiz Renato Lazinski, meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Na quarta-feira, a mínima deve ficar abaixo de zero grau, inclusive na região dos Campos Gerais e no Sudoeste. Na região Oeste, a temperatura deve variar entre zero e dois graus positivo. No Norte, caso ocorra geada, será de intensidade mais fraca. O clima só começa a melhorar a partir de quinta-feira.

Porém, a mudança de mês não deve interromper a incidência de geada no Paraná. De acordo com informações do Inmet, os produtores precisam estar preparados, pois não está descartada a possibilidade de mais geadas em parte do estado Paraná ao longo do mês de setembro.

“Com exceção do Norte, onde a chance é remota, em outras áreas ainda há risco. Inclusive no Centro-Sul pode ser entre moderada a forte”, ressalta Lazinski.

Vizinho

A geada também deve atingir o Paraguai. A preocupação principal é com as lavouras de trigo. O Brasil aguarda para saber qual será a produção do país vizinho, pois programa comprar parte para abastecer os moinhos nacionais.

Fonte: Gazeta do Povo


Mais Notícias



Fale Conosco

(44) 3220-1550


Rua Piratininga, 391 - Edifí­cio Lavoura - Fax (44) 3220-1571 - CEP 87013-100

Maringá - Brasil


 
Via Site