Área de Associados


X    fechar
Webmail


X    fechar
Webmail


X    fechar
Extensões de Base
X    fechar


Boletim Eletrônico

21 de Outubro de 2013

Tempo instável deve trazer pancadas de chuvas para o Sul e Sudeste

Confira a previsão do tempo para todas as regiões do Brasil

Sudeste

Uma frente fria que atuava na Região Sul, avança trazendo pancadas de chuva para o Sudeste. Na terça, dia 22, chove na metade sul do Estado de São Paulo e ao longo do dia este sistema avança, trazendo instabilidades para toda a região. Pela manhã as temperaturas mantém o tempo abafado, principalmente a oeste de Minas Gerais e São Paulo, onde as temperaturas sobem mais.Na quarta ainda há presença de instabilidades e são esperadas pancadas de chuva no sul de São Paulo, Vale do Paraíba e divisa com o Rio de Janeiro, sul e norte de Minas Gerais e norte do Espírito Santo. O tempo ainda persiste abafado.

Sul

A frente fria começa a se afastar, mas ainda traz muitas instabilidades para a Região Sul. Chove sobre o extremo norte do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná e ainda há o risco para temporais, principalmente no leste do Paraná e divisa com Santa Catarina. Na metade sul do Rio Grande do Sul o sol volta a aparecer ainda entre alguma nebulosidade. Na manhã de terça, dia 22, as temperaturas ficam amenas nos três Estados mas, ao norte do Paraná, o dia já começa bastante abafado. Durante a tarde de terça as temperaturas se elevam e faz calor em grande parte da região.Na quarta, a formação de novas instabilidades volta a trazer pancadas de chuva com potencial para temporais em grande parte do Rio Grande do Sul, salvo pela região de fronteira com o Uruguai e litoral sul. Em Santa Catarina e Paraná estas instabilidades persistem e a sensação é de abafamento.

Centro-Oeste

A frente fria que atua na região Sudeste organiza a umidade da Amazônia sobre a região Centro-Oeste e são esperadas pancadas de chuva sobre Mato Grosso na terça, dia 22, principalmente metade sul, e sobre Mato Grosso do Sul, onde elas podem ocorrer em forma de temporais. Em Goiás também chove, mas de forma irregular, em pontos isolados ao longo do dia. O calor ainda persiste em toda a região, e o tempo já fica abafado desde as primeiras horas do dia. Na quarta este sistema ainda atua, mas as chuvas perdem um pouco de intensidade. Ainda chove sobre o sul de Mato Grosso do Sul e de forma mais isolada entre Mato Grosso e Goiás. As temperaturas ainda persistem elevadas na região.

Nordeste

Na terça as chuvas perdem intensidade sobre a costa leste nordestina, mas ainda chove, por conta dos ventos úmidos que sopram trazendo umidade. Chove no sul e litoral da Bahia e entre o litoral de Pernambuco e da Paraíba. As instabilidades alimentadas pela umidade da Amazônia se propagam e atingem o extremo oeste da Bahia, elas também causam chuva sobre a faixa norte do Maranhão. As temperaturas persistem mais elevadas na região e apenas no litoral leste elas não se elevam tanto, por conta do aumento de nebulosidade. Na quarta a mesma condição persiste e quase não há mudança em relação a distribuição de chuvas na região. As temperaturas ainda seguem elevadas, principalmente na faixa oeste.

Norte

O sistema que persiste atuando entre o Sul e o Sudeste organiza a umidade da Amazônia sobre a faixa oeste da região e são esperadas pancadas de chuva no oeste do Amazonas, Roraima, Acre e Rondônia, volta a chover também no sul do Pará e do Tocantins, mas de forma mais isolada. No restante da região ocorre variação de nebulosidade. As temperaturas se encontram mais elevadas desde as primeiras horas do dia, o que garante a sensação de abafamento. Até quarta, dia 23, pouca coisa muda, as instabilidades tropicais ainda atuam mais a oeste da região e o calor persiste.

SOMAR METEOROLOGIA


Mais Notícias



Fale Conosco

(44) 3220-1550


Rua Piratininga, 391 - Edifí­cio Lavoura - Fax (44) 3220-1571 - CEP 87013-100

Maringá - Brasil


 
Via Site