Área de Associados


X    fechar
Webmail


X    fechar
Webmail


X    fechar
Extensões de Base
X    fechar


Boletim Eletrônico

31 de Outubro de 2013

Áreas de instabilidade causam chuva e temporais no Centro-Oeste nos próximos dias

SUDESTE

Na quinta, dia 31, áreas de instabilidade permanecem sobre o Sudeste. No centro-sul de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo, a previsão é de tempo nublado e com chuva a qualquer momento, inclusive com condição para temporais isolados e trovoadas, sobretudo sobre o território mineiro. Já em São Paulo, o sol tende a predominar entre bastante nuvens pela manhã, mas a partir da tarde, pancadas de chuva isoladas e trovoadas atingem o norte paulista, a região do Vale do Paraíba e o litoral sul do Estado. A expectativa é de uma madrugada fria e uma tarde com temperaturas amenas no leste do Sudeste.

Na sexta, dia 1º, a condição de chuva permanece no norte de São Paulo, boa parte de Minas Gerais, Espírito Santo e litoral norte e sul do Rio de Janeiro. No restante do Sudeste, prevaleve o tempo nublado. Na faixa leste, as temperaturas mínimas e máximas estarão mais baixas. No interior da região, as temperaturas seguem elevadas e o dia será de calor e tempo abafado. 

Nos próximos dias, a expectativa é de que as madrugadas sejam frias e as tardes com temperaturas amenas no leste do Sudeste, com condição de calor no norte de Minas Gerais. Até o domingo, dia 3, os termômetros devem subir em toda a região. Entretanto, a partir de segunda, 4, as temperaturas máximas voltam a cair na faixa leste do Sudeste. A partir do dia 5, uma massa de ar frio chega e fica até o dia 10, quando retorna o calor.

SUL

A quinta começa com tempo firme em boa parte da região Sul, no entanto, há condição para garoas no litoral norte do Paraná. O amanhecer será bastante frio, principalmente na área da Serra Geral. Com o passar do dia, as temperaturas aumentam. Os índices de umidade do ar ficam baixos em muitos municípios, com valores entre 20% e 40%, especialmente entre o centro-oeste gaúcho.

A sexta será de tempo firme em toda a região Sul, mas com muito mais nebulosidade. Por outro lado, por conta dos ventos quentes que sopram do quadrante sul, as temperaturas ficam elevadas. Por conta do avanço de uma nova frente fria à noite, há expectativa de chuva na região de fronteira com o Uruguai.

A partir de sábado, dia 2, os temporais retornam à região e chuvas fortes atingem o Sul do país, com acumulados que podem passar dos 100mm.

CENTRO-OESTE

A quinta será mais um dia de muita instabilidade sobre o Centro-Oeste. Pela manhã, o sol predomina entre nuvens e o dia fica abafado. A partir da tarde, áreas de instabilidade ganham força e as chuvas se espalham. Há risco de temporais com muitas trovoadas e rajadas de ventos fortes. Os acumulados até o fim do dia variam entre 5mm e 20mm na maioria dos municípios. As temperaturas permanecem elevadas e garantem mais um dia de tempo abafado no Brasil Central.

Na sexta, áreas de instabilidade ganham força e podem ocorrer chuvas e trovoadas. Há condição para temporais isolados, especialmente no norte de Mato Grosso. A previsão é de tempo firme com variação de nebulosidade apenas no extremo sul de Mato Grosso do Sul, principalmente na divisa com o Paraná. O calor predomina em grande parte do Brasil Central.

As temperaturas máximas entram em declínio entre os dias 2 e 6 de novembro em Goiânia, Brasília, no leste de Goiás, em Campo Grande e no centro e sul de Mato Grosso do Sul. As mínimas também ficarão elevadas nos próximos dias, caindo somente em Campo Grande e no sul de Mato Grosso do Sul entre os dias 5 e 6 de novembro.

NORDESTE

A chuva perde a força e o sol predomina no nordeste baiano nesta quinta. Entre o centro-sul e oeste da Bahia, Piauí e Maranhão, nuvens carregadas associadas ao calor provocam pancadas de chuvas mal distribuídas. No restante do Nordeste, o tempo fica seco e o sol predomina entre poucas nuvens, favorecendo baixos índices de umidade do ar. As temperaturas ficam bastante elevadas na região.

Na sexta,áreas de instabilidade ganham intensidade sobre a Bahia no decorrer da tarde. Com isso, as pancadas de chuvas isoladas atingem o sul e leste do Estado, sendo que é grande o potencial para transtornos e há risco para temporais e ventos fortes no litoral sul. No restante do Nordeste, a sexta será quente, com tempo seco e índices de umidade relativa do ar. As temperaturas ficam bastante elevadas na região nos próximos 15 dias.

NORTE

Nuvens carregadas distribuem as chuvas sobre a região Norte na quinta. Ao longo do dia, pancadas de chuva mal distribuídas e intercaladas com períodos de sol incidem sobre a região, deixando o dia abafado. A partir da tarde, áreas de instabilidade se intensificam e há condição para temporais isolados, principalmente entre Amazonas, Rondônia, Acre e sul do Pará.

O tempo pouco muda sobre a região Norte na sexta. Por conta do calor e dos elevados índices de umidade, pancadas de chuva isoladas atingem grande parte da região. Há condição para chuvas fortes, acompanhadas de temporais isolados e trovoadas, especialmente no centro-sul do Amazonas. As temperaturas seguem elevadas desde o começo do dia e ao longo da tarde se intensificam.

Sobre o nordeste do Pará e o norte do Tocantins, não há previsão de chuva. Uma onda de calor atinge a região Norte nos próximos 15 dias.

SOMAR METEOROLOGIA


Mais Notícias



Fale Conosco

(44) 3220-1550


Rua Piratininga, 391 - Edifí­cio Lavoura - Fax (44) 3220-1571 - CEP 87013-100

Maringá - Brasil


 
Via Site