Área de Associados


X    fechar
Webmail


X    fechar
Webmail


X    fechar
Extensões de Base
X    fechar


Boletim Eletrônico

18 de Novembro de 2013

Chuvas intensas devem atingir a região Sul nos próximos dias

SUDESTE

As instabilidades perdem força sobre o Sudeste, que passa a ter uma condição mais tropical. Durante a manhã de terça, dia 19, o sol aparece entre nuvens em boa parte do Sudeste, favorecendo a rápida elevação da temperatura e fazendo o calor ganhar mais intensidade durante a tarde. Como ainda há altos índices de umidade, as temperaturas mais elevadas contribuem para a formação de nuvens carregadas, que a partir da tarde causam pancadas isoladas de chuva em boa parte de Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo e São Paulo. 

A quarta, dia 20, inicia com temperaturas um pouco mais baixas no leste do Sudeste e o tempo seco predomina em grande parte da região. Entre a manhã e o inicio da tarde, o sol predomina juntamente com variação de nebulosidade. As temperaturas sobem rapidamente e a tarde fica mais aquecida, em relação aos dias anteriores, especialmente na faixa leste. A partir da tarde, as instabilidades começam a ganhar intensidade e passam a causar pancada de chuvas isoladas e de baixo acumulado em São Paulo, Espírito Santo e em boa parte de Minas Gerais e Rio de Janeiro. As pancadas de chuva devem vir acompanhadas de ventos mais fortes e de trovoadas. 

SUL

Na terça, o tempo volta a mudar sobre a região Sul, trazendo de volta os temporais. Na metade oeste do Rio Grande do Sul, as chuvas iniciam durante a manhã, já no restante da região as pancadas ocorrem entre a tarde e a noite. As chuvas mais intensas atingem o Estado gaúcho. Os maiores acumulados estão previstos para a fronteira oeste e a campanha, onde o volume de chuvas pode alcançar 70 milímetros em alguns municípios. Entre o Paraná e Santa Catarina, as chuvas ocorrem de forma mais isolada e sem grandes acumulados previstos. Contudo, permanece o risco de temporais isolados nos três Estados, com muitas trovoadas, ventos que chegam a alcançar 70 quilômetros por hora e chance para queda de granizo em pontos isolados. Em boa parte da região, a sensação térmica será de calor ao longo do dia. 

Na quarta, as instabilidades dão origem a uma nova frente fria que mantém o tempo fechado sobre o Rio Grande do Sul, oeste de Santa Catarina e sudoeste do Paraná. Já no restante da região, as pancadas de chuvas ocorrem alternadas com períodos de melhora. Permanece a condição para temporais, trovoadas, rajadas de vento próximas a 60km/h e queda de granizo em toda a região Sul. Também são esperados grandes volumes de chuva, chegando a passar dos 80mm no noroeste gaúcho. O tempo firme retorna à região Sul a partir de sexta, dia 22, com a entrada de uma nova massa de ar seco que deixa as madrugadas mais frias. 

CENTRO-OESTE

A terça amanhece com tempo seco e predomínio de sol em boa parte do Centro-Oeste. A partir da tarde, o calor intenso contribui para que as instabilidades ganhem intensidade e passem a causar pancadas de chuvas alternadas com períodos de melhora. As chuvas ocorrem de forma mal distribuídas, com trovoadas e com baixos acumulados, atingindo os três Estados da região. 

As instabilidades ganham intensidade sobre o Mato Grosso dos Sul na quarta. Entre o oeste, sudoeste e sul do Estado, as chuvas iniciam pela manhã e à tarde passam a atingir as demais áreas. Entre o Mato Grosso, Goiás e Distrito Federal, as chuvas são bem mais isoladas, alternadas com períodos de sol e baixos acumulados. Em toda a região, há condição para temporais isolados, trovoadas e ventos mais intensos, principalmente no extremo sul do Mato Grosso do Sul. Será mais um dia com sensação de abafamento na Região. 

NORDESTE

As chuvas ganham intensidade sobre o leste do Nordeste. Pancadas de chuvas isoladas e de baixo acumulados atingem a faixa leste que vai do Rio Grande do Norte até o sul da Bahia. Chove sobre o Maranhão de forma isolada e alternada. No restante do Nordeste, o tempo fica seco, com sol e baixos índices de umidade do ar. O calor segue intenso. 

Na quarta, chuvas de baixo acumulado voltam a se espalhar sobre o Maranhão e o sul do Piauí. Chove fraco, também, e de forma isolada sobre a faixa leste do Nordeste, entre o litoral da Bahia e do Rio Grande do Norte. No interior da região, o tempo permanece seco, com sol entre nuvens e baixos índices de umidade do ar. As temperaturas seguem elevadas e a sensação é de calor durante a tarde. 

NORTE

A terça começa com tempo seco e ensolarado em boa parte do Tocantins, mas a tarde o intenso calor favorece a intensificação da instabilidade e volta a chover de forma isolada sobre o Estado até o fim do dia.  No restante da região Norte, a previsão é de chuvas alternadas. As chuvas devem ser mais intensas entre Roraima, Amazonas, Rondônia e o Acre, inclusive com trovoadas.

A terça começa com tempo seco e ensolarado em boa parte do Tocantins, mas a partir da tarde volta a chover de forma isolada sobre o Estado. No restante da região Norte, a previsão é de chuvas alternadas ao longo do dia. As chuvas podem ser mais intensas entre Roraima, Amazonas, Rondônia e o Acre, inclusive com trovoadas. O calor segue intenso.


Mais Notícias



Fale Conosco

(44) 3220-1550


Rua Piratininga, 391 - Edifí­cio Lavoura - Fax (44) 3220-1571 - CEP 87013-100

Maringá - Brasil


 
Via Site