Área de Associados


X    fechar
Webmail


X    fechar
Webmail


X    fechar
Extensões de Base
X    fechar


Boletim Eletrônico

06 de Maio de 2014

Maio representa início da estação de seca no Brasil Central

A transição entre os meses de abril e maio marca o início da estação seca sobre o Brasil central, incluindo os Estados de Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais e São Paulo, onde os últimos dias já foram totalmente secos. Nesse período as chuvas se concentram no Sul e no extremo Norte do Brasil. A semana passada foi marcada por chuvas e ventos fortes nas áreas de milho safrinha do Paraná e Mato Grosso do Sul. Já para as lavouras de Mato Grosso e Goiás, mesmo com redução das chuvas, a condição de umidade do solo ainda se mostra favorável para o desenvolvimento da lavoura de milho.

No interior do Nordeste do Brasil (sertão e agreste), que em maio vive o último mês do período de chuvas, nos últimos dias os maiores volumes ocorreram na parte norte da região, entre o Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí e Maranhão. As chuvas começam a se intensificar também na parte leste, incluindo a Zona da Mata, desde o Recôncavo Baiano até o litoral da Paraíba.

O tempo nesta semana não muda muito em relação à semana passada. A semana começa com uma nova frente fria sobre o sul do Brasil, que provoca nebulosidade e chuvas entre Santa Catarina e o Paraná. Desta vez a frente fria é menos intensa e deve provocar apenas chuvas fracas.

A partir de quarta, dia 7, o sistema perde intensidade e o tempo volta a se firmar em toda a região. As temperaturas continuam elevadas para a época do ano e seguem pelo menos nas próximas duas semanas sem previsão de frio extremo e nem risco de geadas. A condição de águas aquecidas no Oceano no Atlântico próximos da costa sul do Brasil e o início de um ciclo de águas aquecidas no Oceano Pacífico equatorial contribuem para retardar a chegada do frio. Para as áreas produtoras de milho segunda safra de Mato Grosso e Goiás a previsão é de mais uma semana seca, inclusive sem previsão de chuvas pelo menos nas próximas duas semanas.

Outro fator que passa a preocupar são as temperaturas elevadas, variando entre 20ºC (mínima da manhã) e 30ºC (máxima da tarde). São Paulo e Minas Gerais também enfrentam um período seco neste início de maio, o que favorece principalmente o corte e moagem da cana-de-açúcar. Já no Nordeste do Brasil, mais uma semana com chuvas na parte norte e leste, enquanto o interior da Bahia, sul do Piauí e o sul do Maranhão enfrentam um período seco.

CANAL RURAL


Mais Notícias



Fale Conosco

(44) 3220-1550


Rua Piratininga, 391 - Edifí­cio Lavoura - Fax (44) 3220-1571 - CEP 87013-100

Maringá - Brasil


 
Via Site