Área de Associados


X    fechar
Webmail


X    fechar
Webmail


X    fechar
Extensões de Base
X    fechar


Boletim Eletrônico

09 de Junho de 2014

Clima vai afetar o preço de commodities no segundo semestre

Os preços internacionais de algumas commodities já dão os primeiros sinais de alteração com a expectativa de chegada do El Niño. O Banco Mundial confirmou que os preços do café e do açúcar devem aumentar por conta do fenômeno. Quanto ao café, o excesso de chuvas vai prejudicar levemente a safra brasileira, mas comprometer fortemente a qualidade dos grãos do Vietnã e da Indonésia. Para Eduardo Carvalhaes, do Escritório Carvalhaes, especializado em cafeicultura, as tempestades até são benéficas para a safra seguinte, mas estragam parte dos grãos da colheita atual.

Já a Tailândia pode ter uma queda na safra de cana-de-açúcar no período 2014/2015. Com uma seca que prevê 60% menos chuvas no país, a colheita deve ficar abaixo das 11 milhões de toneladas – e com a cultura em queda, o preço do açúcar tende a aumentar.

O milho é outra cultura que será afetada. Segundo pesquisa do Instituto Nacional de Ciências Agroambientais do Japão, a produtividade do milho cai até 3% em anos de El Niño e, em geral, a redução é mais forte no sudeste dos EUA, China, leste e oeste da África, México e Indonésia.

A cultura da soja, que ganha produtividade no Brasil e na Argentina, acaba encontrando dificuldades em outros lugares do mundo, como na China e na Índia, onde o clima fica mais seco que o normal.

Gazeta do Povo


Mais Notícias



Fale Conosco

(44) 3220-1550


Rua Piratininga, 391 - Edifí­cio Lavoura - Fax (44) 3220-1571 - CEP 87013-100

Maringá - Brasil


 
Via Site