Área de Associados


X    fechar
Webmail


X    fechar
Webmail


X    fechar
Extensões de Base
X    fechar


Boletim Eletrônico

02 de Setembro de 2014

Previsão aponta chuva de granizo entre o norte do Rio Grande do Sul e sul do Paraná nesta terça

As áreas de instabilidade vão se direcionar para o norte paulista e sul de Minas Gerais nesta terça, dia 2, e devem levar volumes significativos para os reservatórios.

– Apesar dos bons volumes previstos, vale ressaltar que precisaríamos de vários dias com fortes pancadas de chuva para reverter os problemas da seca no Sudeste do Brasil – afirma o meteorologista Celso Oliveira.

No Sul, novas instabilidades vão se formar e há previsão de temporais na maior parte da região, com os maiores volumes acumulados em Santa Catarina, sul do Paraná e norte do Rio Grande do Sul.

– Nessas localidades a chuva pode vir acompanhada de granizo – alerta Oliveira.

Já nas áreas mais ao sul do Rio Grande do Sul o tempo fica nublado e não há previsão de chuva. A primeira quinzena de setembro promete ser chuvosa na região Sul do Brasil, com volumes de até 200 milímetros.

– Se esta previsão se confirmar, será um problema para a implantação da safra de soja – diz o sojicultor de Dilermando de Aguiar, Júlio Trevisan.

A partir da segunda quinzena do mês, as chuvas tendem a ser mais volumosas entre o Sudeste e Centro-Oeste do Brasil.

Estragos

O avanço de uma frente fria provocou fortes ventanias nas regiões Sul e Sudeste. Em Santa Maria, no centro do Rio Grande do Sul, as rajadas de vento destruíram um silo e a estrutura foi parar a 50 metros de distância. Em Restinga Seca, município próximo, o telhado de um galpão foi levado pela ventania e as máquinas foram destruídas. O prejuízo foi estimado em R$ 400 mil. Segundo meteorologistas, houve um tornado na cidade, mas não há registros oficiais.

Em Morretes, no Paraná. Dom Pedrito, no Rio Grande do Sul e Rio Negrinho, Santa Catarina, os ventos chegaram a 92km/h, 78km/h e 70km/h respectivamente. Em Santos, litoral paulista e na capital os ventos variaram de 60 a 70km/h. Na manhã de segunda, dia 1º, houve ocorrência de ventos fortes de 116km/h em Ibaiti, Estado paranaense. Os maiores volumes de chuva foram registrados no Paraná e variaram de 40 a 50 milímetros acumulados em cidades como Ivaí, São Mateus do Sul, General Carneiro e Inácio Martins. Em São Paulo, a cidade onde mais choveu foi em Ourinhos, com 30 milímetros acumulados.

CANAL RURAL


Mais Notícias



Fale Conosco

(44) 3220-1550


Rua Piratininga, 391 - Edifí­cio Lavoura - Fax (44) 3220-1571 - CEP 87013-100

Maringá - Brasil


 
Via Site